corpos pintados em percalços

por pedroambrosoli

Cada quadro de Vinicius Gerheim é uma massa de carne, não só de tinta, mas de narrativas e orquestras corporais. Um retrato pintado por ele é formado no encontro com outros corpos, os vários que ele carrega dentro de si inclusive. Essa reunião é tanto feliz quanto traumática.
Não há pistas de onde nem quando estes seres divagam, eles existem por si mesmos, tem seus próprios tempos e espaços. Uma das características destas pinturas é nunca pretender narrar algo que não seja delas além das cores e afetos que lhes habitam.


Como referência para suas pinturas, o artista usa fotografias feitas por ele de seu corpo, relatando e pintando a si. Nesse processo, ele muitas vezes precisa se distanciar da tela, fotografando-a com a câmera do celular, mudando-a para preto e branco em seguida, para perceber a densidade dos tons e outras materialidades das imagens.


Vagando também pelos corpos-retratos de Egon Schiele, Lucian Freud e Francis Bacon, Vinicius Gerheim apreende deles o que lhe mais convém: a potencialidade da livre expressão de formas e afetos. É fascinado pela liberdade plástica que estes pintores dão aos retratos cujos corpos dançam os limites da tela sem coreografias ensaiadas, são vestígios de improvisos e perambulações pelas superfícies do corpo que beiram o informe assim como os movimentos instaurados dos quadros de Gerheim no presente espaço.


Nus por abandonar as vestimentas e os títulos, os códigos e os órgãos das barreiras sociais, os retratados existem na carnalidade que desejam, o que não diminuiu as angústias de suas existências. Isso os fez compreender a percepção dos volumes e pesos dos músculos, ossos e sentimentos.


Estes 37 corpos plásticos aqui apresentados são reservatórios de sentido, mananciais de formas de vida, germes de direções que extrapolam as estruturas de comando e os cálculos dos poderes constituídos que oprimem, que calam e que matam. Os reservatórios se comunicam e reforçam sua poderosa unidade na diferença pela qual resiste à tirania do meio social em que se inserem. São corpos pintados em percalços.

009 60x80

Sem título, Vinicius Gerheim, óleo sobre tela, 60 x 80 cm, 2016

divulgaçãotexto da exposição individual de Vinicius Gerheim ‘corpos pintados em percalços”
Visitação: de segunda a sexta, das 9h às 19h. Em cartaz do dia 9 até o dia 30 de junho de 2017.
Centro Cultural Light
Av. Marechal Floriano, 168 – Centro – Rio de Janeiro

Anúncios